(61) 3226 - 9477

Saúde Mental em Evidência

Saúde Mental

O indivíduo é um ser complexo, composto por vários fatores externos e internos que o influenciam continuamente. Algumas fases da vida podem causar perturbações mentais como o divórcio, perda de uma pessoa querida, demissão, entre outros, assim como fatores genéticos, infecciosos ou traumáticos podem também estar na origem de doenças mentais graves.

As taxas de ansiedade, depressão, suicídio, violência, dependência química e criminalidade estão crescendo. Muitas pessoas enfrentam esses problemas e são, em grande parte das vezes, incompreendidas, excluídas ou marginalizadas, sendo que ao longo da vida, todos podem ser afetados mentalmente em maior ou menor gravidade.

A quantidade de pessoas que apresentam doenças relacionadas à saúde mental não diminui significantemente devido ao conhecimento ainda escasso sobre o assunto ou à falsos conceitos que acompanham esse tema. Não é raro que as pessoas vejam as doenças mentais como fruto da imaginação do indivíduo ou “frescura”. Deixar esse assunto em evidência e realçar a importância da saúde mental para a qualidade de vida é o primeiro passo para diminuir o número de pessoas que enfrentam essas doenças que vem aumentando a cada ano.

A Campanha

O Janeiro Branco é uma campanha social, solidária e voluntária, idealizada pelo Psicólogo Leonardo Abrahão em Uberlândia em novembro de 2003. Ela é totalmente dedicada a colocar os temas da saúde mental em evidência em nome da prevenção do adoecimento emocional da humanidade. É uma campanha que busca estabelecer a cultura da saúde mental para que as pessoas estejam confortáveis em falar sobre o tema e consequentemente, gerar orientação e conscientização para combater estigmas e preconceitos.

Ela tem como objetivo fazer com que a base da sociedade, independente da classe social, faixa etária ou crença, comece a falar sobre as suas emoções e sentimentos, considerando e reconhecendo a saúde mental como estrutura intrínseca e parte fundamental da estrutura humana.

As doenças relacionadas à saúde mental podem ser evitadas quando há comunicação entre as pessoas e a informação chega às diversas esferas da sociedade. Investir em discussões, palestras e educação faz com que essas taxas diminuam.

Segundo o portal oficial da campanha ações, orientações e reflexões a respeito das condições e características emocionais dos seres humanos mudam e salvam vidas. Por este motivo, transformar o tema Saúde Mental e Emocional em um assunto do dia a dia é deixar a sociedade mais estruturada para ter mais saúde e mais condições de ser saudável.